Interpretações fenomenológicas e hermenêuticas a partir da análise textual discursiva: a compreensão em pesquisas na educação em ciências

Autores

  • Robson Simplicio de Sousa Universidade Federal do Rio Grande - FURG http://orcid.org/0000-0002-4637-5014
  • Maria do Carmo Galiazzi
  • Elisabeth Brandão Schmidt

Resumo

Resumo: Apresenta-se a análise de onze (11) resumos de teses defendidas em um Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências que usaram a metodologia Análise Textual Discursiva. Partimos da pergunta: O que é isto que se mostra acerca da metodologia ATD nos resumos de teses em Educação em Ciências?, uma atitude fenomenológica, seguida da análise hermenêutica. Chegamos às categorias: “A descrição e as teorias a priori como pré-compreensões” e “O movimento para compreensão”. Com o metatexto, compreendemos que fazer pesquisa com ATD pressupõe uma análise fenomenológico-hermenêutica em que emergem a vinculação à hermenêutica filosófica de Gadamer, os movimentos circular e espiral do caminho de análise e a abertura à ampliação de horizontes interpretativos pela busca de teorias emergentes.

Palavras-chave: Análise Textual Discursiva; Hermenêutica; Fenomenologia.

 

Phenomenological and hermeneutical interpretation from discursive textual analysis: the understanding in sciences education research

Abstract: This text presents the analysis of eleven (11) abstracts of doctoral theses which used the methodology of Discursive Textual Analysis. We started from question: What is this that is shown on the DTA methodology in the abstracts of doctoral theses in Sciences Education?, a phenomenological attitude followed by a hermeneutic analysis. As result, we come to categories: “Description and a priori theories as preunderstandings” and “The movement to understanding”. From metatext, we understood that to research with DTA presupposes a phenomenological-hermeneutic analysis in which emerges from this search the attachment of DTA to Gadamer’s philosophical hermeneutics, the circular and spiral movements in the way of analysis and the openness to expanding interpretive horizons by seeking emerging theories.

Keywords: Discursive Textual Analysis; Hermeneutic; Phenomenology.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

Referências

ABBAGNANO, N. Dicionário de Filosofia. Trad. Alfredo Bosi. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

ALBUQUERQUE, F. M. D. Histórias de sala de aula nas rodas de professores de química: potência para a formação acadêmico-profissional. 2012. 110f. Tese (Doutorado em Educação em Ciências) – Instituto de Educação, Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, 2012.

ARIZA, L. G. A. et al. Relaciones entre el Análisis Textual Discursivo y el software Atlas.Ti en Interacciones Dialógicas. Campo Abierto. Revista de Educación, Badajoz, v. 34, n. 2, p. 105-124, dez. 2015.

BERTICELLI, I. A. Epistemologia e educação: da complexidade, auto-organização e caos. Chapecó: Argos, 2006.

BICUDO, M. A. V. Pesquisa qualitativa segundo a visão fenomenológica. 1. ed. São Paulo: Cortez Editora, 2011.

CACCIAMANI, J. L. M. Os Encontros sobre Investigação na Escola: articulação entre a formação acadêmico-profissional e a produção de currículo pela escrita da sala de aula. 2012. 150f. Tese (Doutorado em Educação em Ciências) – Instituto de Educação, Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, 2012.

CRIVELLARO, C. V. L. Flores de energia: A experiência do NEMA-Núcleo de Educação e Monitoramento Ambiental na constituição de intelectuais orgânicos. 2013. 203f. Tese (Doutorado em Educação em Ciências) – Instituto de Educação, Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, 2013.

CUNHA, A. G. Dicionário etimológico Nova Fronteira da língua portuguesa. Nova Fronteira, 1982.

DUVOISIN, I. A. Virtualizações e atualizações em redes de conversação sobre o currículo de um curso on-line de licenciatura em Ciências. 2013. 179f. Tese (Doutorado em Educação em Ciências) – Instituto de Educação, Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, 2013.

FONSECA, T. M. M. V. Processos educativos emergentes da relação médico-paciente sobre DST e a autopercepção de risco entre gestantes. 2014. 226f. Tese (Doutorado em Educação em Ciências) – Instituto de Educação, Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, 2014.

FREITAS, D. P. S. A prática de pensar a prática de formação acadêmico-profissional de professoras(es) de ciências da natureza: estética do formar-se ao formar. 2015. 150f. Tese (Doutorado em Educação em Ciências) – Instituto de Educação, Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, 2015.

GADAMER, H. G. Verdade e método I: traços fundamentais de uma hermenêutica filosófica. 15. ed. Petrópolis: Editora Vozes, 2015.

MORAES, R.; GALIAZZI, M. C. Análise textual discursiva: processo reconstrutivo de múltiplas faces. Ciência & Educação, Bauru, v. 12, n. 1, p. 117-128, abr. 2006.

GINEV, D. Between epistemology and hermeneutics. Science & Education, Berlim, v. 4, n. 2, p. 147-159, abr. 1995.

GRONDIN, J. The Hermeneutical Circle. In: KEANE, Niall; LAWN, Chris. The Blackwell Companion to Hermeneutics. Chichester: John Wiley & Sons, 2016, p. 299-311.

HECKLER, V. Experimentação em ciências na EAD: indagação online com os professores em AVA. 2014. 242f. Tese (Doutorado em Educação em Ciências) – Instituto de Educação, Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, 2014.

HOUAISS, A.; VILLAR, M. S. Dicionário Houaiss da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva, 2009.

LOUREIRO, L. H. F. Como nos tornamos formadores na roda da licenciatura para a Educação Profissional e Tecnológica. 2013. 187f. Tese (Doutorado em Educação em Ciências) – Instituto de Educação, Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, 2013.

MORAES, R. A educação de professores de ciências: uma investigação da trajetória de profissionalização de bons professores. 1991. 398f. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 1991.

MORAES, R. Uma tempestade de luz: a compreensão possibilitada pela análise textual discursiva. Ciência & Educação, Bauru, v. 9, n. 2, p. 191-211, out. 2003.

MORAES, R.; GALIAZZI, M. C. Análise textual discursiva. 2. ed. Ijuí: Editora Unijuí, 2007.

MORAES, R.; GALIAZZI, M. C. Análise textual discursiva. 3. ed. Revisada e Ampliada. Ijuí: Editora Unijuí, 2016.

MORAES, R.; RAMOS, M. G.; GALIAZZI, M. C. (2004). A epistemologia do aprender no educar pela pesquisa em ciências: alguns pressupostos teóricos. Em: Moraes, R. y Mancuso, R. (Org), Educação em ciências: produção de currículos e formação de professores (pp. 85-108). Ijuí: Ed. Unijuí.

OLIVEIRA, D. R.; MOURA, R. S. D. Apontamentos Acerca da Pré-Compreensão e da Compreensão nas Teorias Hermenêuticas de Martin Heidegger e Hans-Georg Gadamer e suas Implicações no Ato de Julgar. Revista Eletrônica da Faculdade de Direito de Franca, Franca, v. 4, n. 1, p. 86-101, mar. 2011.

ROHDEN, L. Hermenêutica filosófica. 1. ed. São Leopoldo: Unisinos, 2002.

SARAÇOL, P. V. A potencialidade do Proeja: histórias dos estudantes evadidos do IFRS Câmpus Rio Grande. 2014. 288f. Tese (Doutorado em Educação em Ciências) – Instituto de Educação, Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, 2014.

SCHMIDT, L. K. Hermenêutica. 3. ed. Petrópolis: Editora Vozes, 2006.

SILVEIRA, J. F. B. No picadeiro da educação física: o saber circense descortinando uma educação crítico-emancipatória. 2013. 133f. Tese (Doutorado em Educação em Ciências) – Instituto de Educação, Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, 2013.

SOUSA, R. S.; GALIAZZI, M. C.; SCHMIDT, E. B. A Emergência da Compreensão como Fenômeno Situado da Análise Textual Discursiva. In: COSTA, A. P.; CASTRO, P. A. C.; SÁ, S. O.; CARVALHO, J. L.; SOUZA, F. N.; SOUZA, D. N. (Eds.). Atas do 5º Congresso Ibero-Americano em Investigação Qualitativa: Investigação Qualitativa na Educação. 2016. Disponível em: http://proceedings.ciaiq.org/index.php/ciaiq2016/article/view/1072. Acesso em novembro de 2016.

VANIEL, B. V. (Co)educar em rede de conversação: formação de professores em educação à distância. 2012. 180f. Tese (Doutorado em Educação em Ciências) – Instituto de Educação, Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, 2012.

WEISS, E. Hermenéutica Crítica, uma reflexión metodológica, sociológica y epistemológica. PAIDEIA Revista de la UPN, León, v. 1, n. 1, p. 7-15, jul-dec. 2005.

Publicado

2016-12-30

Como Citar

Sousa, R. S. de, Galiazzi, M. do C., & Schmidt, E. B. (2016). Interpretações fenomenológicas e hermenêuticas a partir da análise textual discursiva: a compreensão em pesquisas na educação em ciências. Revista Pesquisa Qualitativa, 4(6), 311–333. Recuperado de https://editora.sepq.org.br/rpq/article/view/39