Formação continuada de docentes para autoria baseada no modelo TPACK e na abordagem construcionista, contextualizada e significativa

Autores

DOI:

https://doi.org/10.33361/RPQ.2021.v.9.n.20.411

Resumo

Este estudo buscou analisar como docentes do Ensino Fundamental podem utilizar uma ferramenta de autoria em sua prática pautando-se na abordagem Construcionista, Contextualizada e Significativa, considerando os saberes do modelo TPACK, relativo a base de conhecimentos tecnológicos, pedagógicos e de conteúdos do professor. [...] Os dados emergiram da observação de fóruns, materiais didáticos produzidos e questionário de autoavaliação. Observou-se a apropriação satisfatória da ferramenta de autoria por oito docentes; seis materiais criados incluíram a abordagem satisfatoriamente. Duas propostas não contemplaram conhecimentos pedagógicos do modelo TPACK. Evidenciou-se a importância da centralidade do estudante no processo de planejamento da prática e observou-se que a abordagem Construcionista, Contextualizada e Significativa tem potencial para promover a aprendizagem conforme o modelo TPACK, porém este carece de considerar a abordagem para que a integração dos seus saberes se realize plenamente.

Palavras-chave: Formação Docente; Anos Iniciais do Ensino Fundamental; TPACK; Abordagem CCS; Tecnologias na educação.

Biografia do Autor

Mônia Daniela Dotta Kanashiro, Multimídia Educacional

Mestra em Educação pela Universidade Estadual Paulista, investiga prática docente com uso ferramenta tecnológica de autoria. É especialista em Planejamento, Implementação e Gestão da EAD pela UFF- RJ (2013). Possui graduação em Letras - Português e Inglês pelo Instituto Educacional do Estado de São Paulo (2008) e graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2005). Atualmente é Gerente do setor pedagógico na Multimídia Educacional e atua como professora do Ensino Fundamental na rede municipal de ensino de Presidente Prudente- SP. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Tecnologia Educacional.

Klaus Schlünzen Junior, UNESP - Universidade Estadual Paulista

Licenciado em Matemática pela Universidade Federal de Santa Catarina, mestre em Ciência da Computação pela Universidade Estadual de Campinas e doutor em Engenharia Elétrica pela Universidade Estadual de Campinas. Professor livre-docente em Informática e Educação pela Universidade Estadual Paulista - UNESP, com estágio de Pós-doutoramento na Universitat de Barcelona e becário da Fundación Carolina. Foi também bolsista Produtividade em Pesquisa PQ de 2006 a 2009. Coordenador do Núcleo de Educação a Distância da UNESP de 2008 a 2018 e Diretor Acadêmico da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) em 2017. É professor efetivo do Departamento de Estatística, do programa de Pós-graduação em Educação da FCT/Unesp, coordenador geral do Programa de Mestrado Profissional em rede em Educação Inclusiva (PROFEI) e coordenador do Centro de Promoção para a Inclusão Digital, Escolar e Social (CPIDES). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Tópicos Específicos de Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: Formação de professores, Inclusão Digital e Escolar, Tecnologias na Educação, Educação digital e híbrida, e Aprendizagem Organizacional.

Downloads

Publicado

2021-04-24

Edição

Seção

Educação Tecnológica