O ensino de matemática para cegos no município do Rio Grande

Autores

DOI:

https://doi.org/10.33361/RPQ.2020.v.8.n.19.355

Resumo

Este trabalho apresenta uma análise acerca da experiência escolar de cegos da cidade do Rio Grande que alcançaram o nível universitário em relação à aprendizagem de Matemática, com o objetivo de compreender como ocorreu o ensino de Matemática, a fim de orientar os processos de formação de professores e, com isto, contribuir para o ensino de Matemática para pessoas cegas. Foram realizadas entrevistas narrativas com estes alunos, no intuito de escutar suas histórias sobre os processos de ensino e aprendizagem de Matemática. A fim de analisar os elementos emergentes destas falas, utilizei a Análise Textual Discursiva. O reconhecimento do outro, a perspectiva dos cegos sobre o sistema educacional e as dificuldades enfrentadas neste percurso escolar foram destados nas falas dos entrevistados. O diálogo surge como categoria emergente das entrevistas, enquanto a experiência estética é apontada como potencial para a abertura à alteridade, em um viés ético da filosofia da educação.

Palavras-chave: Ensino de Matemática para Cegos; Formação de Professores de Matemática; Educação Matemática Inclusiva; Materiais Didáticos.

Downloads

Publicado

2020-12-22