A plataforma brasil e os comitês de ética em pesquisa na área de humanidades

Autores

  • Ettiène Guérios Universidade Federal do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.33361/RPQ.2021.v.9.n.22.509

Resumo

Aborda-se sobre dificuldades de pesquisadores com a tramitação de projetos na Plataforma Brasil e com a avaliação pelos Comitês de Ética em Pesquisa. Parte-se da seguinte indagação provocativa: por que pesquisas da área de Humanidades precisam ser aprovadas por um Comitê do Sistema CEP/Conep (Comissão Nacional de Ética em Pesquisa), vinculado ao Conselho Nacional de Saúde, com tantas exigências específicas desta área, mas descompassadas com a natureza dos projetos da área de Humanidades? Apresentam-se marcos históricos que originaram a criação de comitês de ética em pesquisa, características teóricas da pesquisa qualitativa, questões nevrálgicas que permeiam um Comitê de Ética na Plataforma Brasil.  Aponta-se como horizonte a criação de Comitês de Ética em Pesquisa em Ciências Humanas e Sociais, apresentando o exemplo da Universidade Federal do Paraná autorizado pelo Conep.

Palavras-chave: Plataforma Brasil; Comitês de Ética em Pesquisa; Área de Humanidades, Pesquisa qualitativa; CEP/Conep.

Referências

BICUDO, M. A. Pesquisa Qualitativa: significados e a razão que a sustenta. Revista Pesquisa Qualitativa, São Paulo, v. 1, n. 1, p. 7-26, 2005.

BRASIL. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. Resolução nº 196, de 10 de outubro de 1996. Aprova diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 11 out. 1996.

BRASIL. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. Resolução nº 240 de 05 de junho de 1997. Sobre a definição do termo "usuários" para efeito de participação nos Comitês de Ética em Pesquisa das instituições. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 1997.

BRASIL. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. Resolução nº 370, de 8 de março de 2007. Sobre a definição do termo "usuários" para efeito de participação nos Comitês de Ética em Pesquisa das instituições. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 2007.

BRASIL. Ministério da Saúde. Conselho Nacionalde Saúde. Resolução no 466, de 12 de dezembro de 2012. Trata sobre as diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisa envolvendo seres humanos. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 13 jun. 2013.

BRASIL. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. Norma Operacional nº 1, de 12 de setembro de 2013. Dispõe sobre a organização e funcionamento do Sistema CEP/CONEP, e sobre os procedimentos para submissão, avaliação e acompanhamento da pesquisa e de desenvolvimento envolvendo seres humanos no Brasil. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 30 set. 2013.

BRASIL. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. Resolução no 510, de 7 de abril de 2016. Trata sobre as diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisa em ciências humanas e sociais. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 24 maio 2016.

CRESWELL, J. W; Investigação qualitativa: escolhendo entre cinco abordagens. 3. ed. Porto Alegre: Penso Editora. 2014.

FLICK, U. Introdução à Metodologia de Pesquisa. São Paulo: Penso Editora. 2013.

GUERRIERO, I. C. Z.; MINAYO, M. C. A aprovação da Resolução CNS nºo 510/2016 é um avanço para a ciência brasileira. Saúde Soc., São Paulo, v. 28, n. 4, p. 299-310, 2019.

SAMPIERI, R.H.; COLLADO, C.F; LUCIO, M.P.B. Metodologia de Pesquisa. 5. ed. Porto Alegre: Penso Editora, 2013.

Downloads

Publicado

2021-12-31