O fazer emergir na ação da docência universitária: compreensões sobre o aprender matemática em uma cultura digital

Autores

  • Daniel da Silva Silveira Universidade Federal do Rio Grande - FURG https://orcid.org/0000-0002-1195-2117
  • Daniele Amaral Fonseca Universidade Federal do Rio Grande (FURG)
  • Andressa Escobar Machado Universidade Federal do Rio Grande (FURG)

DOI:

https://doi.org/10.33361/RPQ.2021.v.9.n.20.417

Resumo

Este artigo tem como objetivo discutir sobre as compreensões dos professores de Matemática em relação ao uso das tecnologias digitais no processo formativo no Ensino Superior. A pesquisa foi constituída por nove professores de Matemática do Instituto de Matemática, Estatística e Física de uma Universidade Pública Federal. A pesquisa foi estruturada por meio de uma abordagem qualitativa, balizada pelo caminho explicativo da objetividade entre parênteses na perspectiva de Humberto Maturana [...] e utilizou-se da técnica do Discurso do Sujeito Coletivo para analisar os registros produzidos a partir de um questionário online, o que resultou no discurso coletivo denominado: “O aprender Matemática enatuado na docência pelas tecnologias digitais”. Esta pesquisa permitiu concluir que diferentes experiências de manipulação e reflexão sobre o operar das tecnologias digitais instigam o professor a experimentar, fazer e interagir, o que permite significar e aprender a Matemática.

Palavras-chave: Aprender; Professores de Matemática; Tecnologias digitais.

Biografia do Autor

Daniel da Silva Silveira, Universidade Federal do Rio Grande - FURG

Doutor em Educação em Ciências pela Universidade Federal do Rio Grande - FURG. Professor do Instituto de Matemática, Estatística e Física e do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências da FURG.

Downloads

Publicado

2021-04-24

Edição

Seção

Educação Tecnológica