Teoria das Representações Sociais e Teoria Queer: tramas possíveis

Autores

  • Silvia Piedade de Moraes Universidade Guarulhos -UNG http://orcid.org/0000-0002-3728-0902
  • José Roberto da Silva Brêtas Universidade Federal de São Paulo - Unifesp

DOI:

https://doi.org/10.33361/RPQ.2018.v.6.n.12.155

Resumo

Resumo: Trata-se de um artigo teórico que tem por finalidade relacionar elementos da Teoria das Representações Sociais e da Teoria Queer, buscando identificar as similaridades e destacar os elementos encontrados na interseccionalidade das teorias e a potencialidade de ambas enquanto aporte teórico e metodológico na produção de conhecimento no interior da pesquisa qualitativa.

Palavras-chave: Pesquisa qualitativa; Representação social; Teoria Queer.

 

Theory of Social Representations and Queer Theory: possible chambers

Abstract: It is a theoretical article whose purpose is to relate elements of the Theory of Social Representations and Queer Theory, seeking to identify the similarities and highlight the elements found in the intersectionality of theories and the potentiality of both as a theoretical and methodological contribution in the production of knowledge within the qualitative research.

Keywords: Qualitative research; Social representation; Queer Theory.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Silvia Piedade de Moraes, Universidade Guarulhos -UNG

Doutora em Ciências pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Professora da Universidade de Guarulhos (UNG). Pesquisadora do Grupo de Estudos sobre Corporalidade e Promoção da Saúde (Gecopros)

José Roberto da Silva Brêtas, Universidade Federal de São Paulo - Unifesp

Psicólogo. Professor Doutor associado da Universidade Federal de São Paulo - Unifesp.

Referências

ARRUDA, A. Teoria das Representações Sociais e Teorias de Gênero. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, s.v., n.117, p. 127-147, nov. 2002.

BORGES, L. S. Feminismos, Teoria Queer e Psicologia Social Crítica: (re)contando histórias. Psicol. Soc., Belo Horizonte, v. 26, n. 2, p. 280-289, ago. 2014.

BUTLER, J.; LOURTES, M. Actos performativos y constitucióndel género: um ensayo sobre fenomenología y teoría feminista. Debate Feminista, Ciudad de México, v. 18, s.n., p. 296-314, out. 1998.

BUTLER, J. Corpos que ainda importam. In: COLLING, L. (Org.). Dissidências sexuais e de gênero. 1. ed. Salvador: EDUFBA, 2016. p. 21-42.

CHRISTIANS, C. G. A ética e a política na pesquisa qualitativa. In: DENZIN, N. K; LINCONL, Y. S. (Orgs.). O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens. 2. ed. São Paulo: Artmed, 2007. p.141-158.

DENZIN, N. K; LINCONL, Y. S. Introdução. In: DENZIN, N. K; LINCONL, Y. S. (Orgs.). O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens. Trad. Sandra Regina Netz. 2. ed. São Paulo: Artmed, 2007. p. 15-39.

DERRIDA, J. Firma, acontecimiento, contexto. 1.ed. Madrid: Cátedra, 1989.

DIAZ, E. B. Desconstrução e subversão – Judith Butler. Sapere Aude, Belo Horizonte, v. 4, n. 7, p. 441-464, jan./jun. 2013. Disponível em: <http://periodicos.pucminas.br/index.php/SapereAude/article/viewFile/5543/5507>. Acesso em: 5 ago. 2017.

FOUCAULT, M. Microfísica do poder. 20. ed. São Paulo: Graal, 2004.

FOUCAULT, M. A ordem do discurso – aula inaugural no Collège de France. 19. ed. São Paulo: Loyola, 2009.

GAMSON, J. As sexualidades, a teoria queer e a pesquisa qualitativa. In: DENZIN, N K; LINCONL, Y. S. (Orgs.). O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens. 2. ed. São Paulo: Artmed, 2007. p. 345-361.

GEERTZ, C. A interpretação das culturas. 1. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2008.

HIRATA, H. Gênero, classe e raça: interseccionalidades e consubstancialidade das relações sociais. Tempo soc., São Paulo, v. 26, n. 1, p. 61-73, jun. 2014.

JODELET, D. Représentations sociales: um domaine em expansion. In: JODELET, D. Les representations sociales. 3. ed. Paris: PUF, 1993. p. 1- 21.

MARKOVÁ, I. Representações Sociais: velhas e novas. In: MARKOVÁ, I. Dialogicidade e Representações Sociais: as dinâmicas da mente. 1. ed. Petrópolis: Vozes, 2006. p.169-205.

MINAYO, M. C. S. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 8. ed. São Paulo: HUCITEC, 1999.

MINAYO, M. C. S. (Org.). Pesquisa Social: teoria, método e criatividade. 18. ed. Petrópolis: Vozes, 2001.

MISKOLCI, R. Teoria Queer: um aprendizado pelas diferenças. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2015.

MISKOLCI, R. A Teoria Queer e a Sociologia: o desafio de uma analítica da normalização. Sociologias, Porto Alegre, s.v., n. 221, p. 150-182, jan./jul. 2009.

MOSCOVICI, S. A Representação Social da psicanálise. 1. ed. Rio de Janeiro: Zahar editores, 1978.

MOSCOVICI, S. Representações Sociais: investigações em psicologia social. 6. ed. Petrópolis: Vozes, 2009.

NEIRA, M. G.; LIPPI, B. G. Tecendo a colcha de retalhos: a bricolagem como alternativa para a pesquisa educacional. Educ. Real., Porto Alegre, v. 37, n. 2, p. 607-625, ago. 2012.

OLIVEIRA, M. S. B. S. Representações sociais e sociedades: a contribuição de Serge Moscovici. Rev. bras. Ci. Soc., São Paulo, v. 19, n. 55, p. 180-186, jun. 2004.

REIS, C, D. O uso da metodologia queer em pesquisa no campo do currículo. In: MEYER, D. E.; PARAÍSO, M. A. (Orgs.). Metodologias de pesquisa pós-crítica em educação. 2. ed. Belo Horizonte: Mazza Edições, 2014. p. 245-262.

SCOTT, J. Gênero: uma categoria útil de análise histórica. Educação &Realidade, Porto Alegre, v. 20, n. 2, p. 71-99, jul./dez. 1995.

SILVA, T. B.R. Representações Sociais: transformações e dissidências no movimento feminista, LGBT e transfeminismo. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCAIS SOCIAIS, 1, 2015, Marília. Anais... São Paulo, 2015. p. 1-13. Disponível em: < http://www.marilia.unesp.br/Home/Eventos/2015/iseminariointernacionalpos-graduacaoemcienciassociais/5.-tamires-barbosa-rossi-silva.pdf>. Acesso em: 27 mai. 2016.

SPINK, M. J. Desvendando as teorias implícitas: uma metodologia de análise das representações sociais. In. JOVCHELOVITCJ, S.; GUARESCHI, P. (Orgs.). Textos em representações sociais. 4.ed. Petrópolis: Vozes, 1995. p. 117-145.

Publicado

2018-12-24

Como Citar

Moraes, S. P. de, & Brêtas, J. R. da S. (2018). Teoria das Representações Sociais e Teoria Queer: tramas possíveis. Revista Pesquisa Qualitativa, 6(12), 556–571. https://doi.org/10.33361/RPQ.2018.v.6.n.12.155

Edição

Seção

Outros Temas