Etnografia virtual em alcoólicos anônimos em tempos de pandemia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.33361/RPQ.2021.v.9.n.21.468

Resumo

O objetivo deste artigo é compreender como os membros de Alcoólicos Anônimos (A.A.) realizam o tratamento do alcoolismo em meio à pandemia, por meio de uma etnografia virtual em grupos de A.A. no Brasil. Com a pandemia, os membros de AA desclocaram suas reuniões de recuperação para o espaço virtual, obrigando-os a enfrentarem os desafios de realizarem o tratamento do alcoolismo por meio de reuniões on-line. A pesquisa acadêmica também teve que se reinventar de modo que a etnografia, método clássico da pesquisa antropológica, também migrou para o espaço virtual, o que tem provocado certos tensionamentos em relação à clássica noção de trabalho de campo em antropologia. Busca-se, assim, contribuir para a compreensão da maneira como os membros de A.A. realizam o tratamento do alcoolismo em reuniões de recuperação online e, por essa via, dos desafios teóricos e metodológicos da etnografia virtual em tempos de pandemia.

Palavras-chave: Alcoolismo; Alcoólicos Anônimos; Etnografia Virtual; Pandemia.

Downloads

Publicado

2021-08-31

Edição

Seção

Projetos de pesquisa social e em educação: reflexão sobre caminhos metodológicos